quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

FELIZ ANO NOVO !

Governo Cabral não começou

2009, mais um ano do governo que não começou

Parece inacreditável, mas é a mais pura verdade. O atual Governo do Estado do Rio de Janeiro está finalizando o terceiro e penúltimo ano de sua gestão, iniciada em 2007, sem ter executado políticas públicas que inovassem a administração do estado e sem ter dado sequer continuidade às ações implantadas com sucesso pelas gestões anteriores.
Hoje, o Estado do Rio de Janeiro está desprovido, no âmbito do governo, de ideias inovadoras que transformem a dura realidade enfrentada pelos cidadãos fluminenses, carece de medidas eficazes que melhorem as condições de vida da população e age irresponsavelmente ao renegar e revogar tudo o que fora feito com êxito pelas administrações antecessoras.
Ao dar as costas ao que foi bem realizado – “eu não tenho retrovisor”, afirmou o governador, em seus primeiros dias no cargo –, ele dá uma demonstração inconteste do seu desrespeito ao sentimento público. As pessoas esperam apenas o melhor para o Rio de Janeiro, independentemente de quem estiver à frente do governo.
Mas o governador, além de ignorar os interesses da população, revela também uma inadmissível falta de zelo com o dinheiro público que foi investido em projetos e programas executados pelos governos que antecederam, fazendo questão de pôr por terra tudo o que não foi iniciado na sua gestão.
Ele tenta reinventar roda, mesmo que isso, irresponsavelmente, implique desperdício das verbas públicas que foram destinadas a projetos de melhoria nas áreas de educação, saúde, habitação e, principalmente, de segurança pública.
Ele não enxerga (o que, aliás, é esperável de quem dispensa o retrovisor e, por isso, dirige a administração pública de forma desgovernada) que a população deseja somente que o governo, seja ele qual for, tenha a responsabilidade de preservar o que foi construído com o dinheiro do povo (tesouro estadual) e se sinta no dever de manter e aprimorar o que estava pronto.
São muitos os fatores que levam o atual governo a agir de forma distante dos anseios dos cidadãos. Destaca-se, porém, o fato de não termos um governador que trabalhe para todo o estado. Ele governa apenas para a capital, como se fosse prefeito do Rio e como se o interior do estado, com os seus 91 municípios, inexistisse.
Prova disso foi a sua escamoteada postura de alinhamento com os projetos voltados para a extração de petróleo da camada de pré-sal, que, em relação à partilha dos dividendos que dela advirão, nos termos em que estão encaminhados no Congresso Nacional, causará graves prejuízos aos municípios produtores do Rio e, consequentemente, aos moradores dessas cidades.
Aliás, o governo não trai somente o interior do estado e os seus contribuintes. Mesmo tendo assumido, durante a campanha eleitoral, o compromisso de que só gastaria verbas de publicidade com propagandas de utilidade pública, o governador faz o contrário.
Em 2009, ele gastou R$ 67 milhões em peças de comunicação produzidas sob a classificação “prestação de contas”, numa tentativa desesperada de tentar reverter o quadro de desaprovação ao seu governo verificado pelos institutos de pesquisas. Apesar de ter previsto gastos de R$ 20 milhões em publicidade para 2007 e 2008, gastou mais de R$ 80 milhões.
Dos fracassos registrados pelo atual governo, o mais gritante, sem dúvida alguma, ocorre na segurança pública – 33,56% menos apreensões de armas, 13,87% menos de drogas e 20,2% menos prisões, em comparação com o governo anterior – e decorre da ausência de uma política séria e planejada para esta área.
Ou seja, além de não traçar uma política de segurança pública, interrompeu o que vinha sendo feito com excelentes resultados – recordes de prisões (64 mil) e de apreensões de armas (45 mil) –, jogando a população no desespero de enfrentar o aumento dos índices de criminalidade que mais lhe afetam diretamente, o de roubos a ônibus (53,91%) e a transeuntes (183,1%).
Nenhuma das maiores mudanças estruturais já feitas na área de segurança pública do Estado do Rio de Janeiro ocorreu neste governo. Foi o governo anterior que construiu o Centro de Comando e Controle, na sede da Secretaria de Segurança Pública, no prédio da Central do Brasil, que monitora as imagens geradas pelas 220 câmeras instaladas nas jurisdições dos 22 batalhões da Região Metropolitana.
O governo atual, que agora, no terceiro ano de sua gestão, tenta fechar convênios com órgãos privados e municipais, para transferir para o Centro de Comando e Controle as imagens produzidas pelos sistemas de monitoramento pertencentes àqueles, não comprou uma câmera sequer.
As 220 câmeras que garantiram a segurança nos Jogos Panamericamos de 2007 foram adquiridas pela administração anterior. Aliás, as centenas de câmeras emprestadas pelo governo federal para ampliar o raio de ação durante os Jogos, foram retiradas das ruas, após o final das competições, e jogadas num depósito no prédio da Central do Brasil, onde estão se deteriorando.
As 100 delegacias legais – prédios novos, modernos, sem presos, com sistemas de registro de ocorrências e de investigação totalmente informatizados, interligando todas as unidades e criando um banco de dados acessível a todos os policiais nela lotados – foram criadas de 1999 a 2006.
As 11 casas de custódias que retiraram mais de 7 mil presos das delegacias não foram inauguradas pelo governador de hoje. Aliás, ele não construiu nenhuma.
O verdadeiro aumento do contingente da PM em mais 10 mil homens – eram 28 mil em 1999, chegando a 38 mil em 2006 – não ocorreu no atual governo, que não diz a verdade quando afirma que formará três mil PMs por ano, para poder ter uma tropa em quantitativo suficiente para ocupar as comunidades.
O Centro de Formação da PM, em Sulacap não tem a capacidade de formar mais de mil por ano, número que praticamente só repõe a perda anual, de cerca de 900 policiais que desfalcam a tropa, por morte, reforma, expulsão ou dispensa voluntária.
Na verdade, a única mudança estrutural promovida pelo governador no âmbito da segurança pública foi a introdução da figura do empresário Arthur César de Menezes Soares Filho na área prestação de serviços terceirizados ao Estado. Ele concentra a maioria quase absoluta dos contratos, inclusive os de locação de viaturas para as polícias.
É uma situação desalentadora para uma população que sofre com o aumento dos crimes nas ruas, com o desperdício das verbas públicas e com o desapreço do governador pelas mazelas da população.


 YouPode

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Sérgio Cabral fez acordo com as milícias para garantirem a segurança do PAN. Agora se acerta com os “barões da droga”, e retumba: “AS FAVELAS LIVRES DA DROGA”

"Com 2009 acabando, e praticamente entrando no ano eleitoral e presumivelmente sucessório de 2010, queremos desvendar a realidade que ainda persiste nas favelas e desmentir autoridades e jornalões, que contam ao cidadão-contribuinte-eleitor uma história mentirosa, enganadora, distante, mas muito distante mesmo, do que continua acontecendo".

No Dia de Natal, O Globo publicou com estardalhaço e sem o menor respeito pela investigação, matéria a respeito da “modernização” das favelas, e da eficiência da nova ordem. Título: “ESTÁ TUDO DOMINADO”.
E no subtítulo, aproveitando para mistificar mais ainda. Textual no jornalão: “Todas as favelas da Zona Sul estão sob controle da Polícia e livres dos traficantes e da criminalidade”.
Apesar da preocupação elitista de acabar (?) primeiro com as favelas da Zona Sul, está tudo errado. Não existe o mínimo de correção na afirmação, como mostraremos a seguir.
Primeiro, porque ainda faltam diversas favelas na Zona Sul que nem foram tocadas, e isso ficou demonstrado pelo próprio O Globo, que poucos dias depois noticiou a “ocupação” das favelas dos Tabajaras e dos Cabritos (ambas na Zona Sul) pelo Bope. Outras comunidades da Zona Sul, como Cerro Corá, Pereirão, Morro Azul , Júlio Ottoni (Rua Alice) e Gávea, por exemplo, continuam desprezadas pelas autoridades “ocupativas”.
Segundo, porque não é verdade que o tráfico tenha sido interrompido nas favelas da Zona Sul que já estão supostamente sob controle da PM. O que existe é um inaceitável, inacreditável e inviável acordo com os traficantes, consumado pelo próprio governador Sérgio Cabral Filho.
Quando houve a recente “ocupação” dos morros do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, Cabral veio a público para informar que tinha dado “um prazo de 48 horas” para os traficantes saírem dessas favelas. E eles teriam saído. Será?
Na verdade, o governador, que já fizera acordo com milícias e tem experiência no ramo, apenas combinou com os traficantes que eles continuassem a operar, mas sem estardalhaço, sem aparentarem dominar os morros, sem afrontar os policiais que passariam a circular por lá, e sem incomodar os moradores.
Os traficantes, agradecidos pelo salvo-conduto oficial e pela “legalização” de suas atividades, logo aceitaram, porque fica muito mais barato para eles, que não tem que seguir gastando dinheiro para manter as legiões de jovens “soldados do tráfico” nem com mais armas e munição.
Se o tráfico tivesse realmente parado nas favelas que estão “ocupadas”, haveria engarrafamento de drogados no Cerro Corá, no Pereirão, Morro Azul e outros pontos permanentes de tráfico. E isso não está acontecendo, como até os paralelepípedos das ladeiras sabem muito bem.
Os traficantes estão às gargalhadas com as trapalhadas do governador e do prefeito. Como já dominavam a tecnologia do celular, comandando tudo de dentro de penitenciárias a centenas de quilômetros de distância, avançaram nesse setor.
Como provavelmente o Serviço de Inteligência não informou ao governador ou ao prefeito, vou fazer a revelação: os traficantes já experientes com o sistema GPS, continuam roubando carros, imprescindíveis. Usam principalmente o Estácio, Rio Comprido, e saída da Linha Amarela ou perto da Maré.
Ao roubar o carro, mandam o motorista sair do veículo, perguntam: “Tem GPS?”. Se a resposta é afirmativa, dão um tiro na cabeça do motorista, incendeiam o carro. Se a resposta é negativa, mandam o motorista ir embora e ficam com o carro.

TRIBUNA DA IMPRENSA

domingo, 27 de dezembro de 2009

MAIS UM POLICIAL MILITAR ASSASSINADO



O soldado Wilton Marinho da Silva  ( lotado no Bope  ) foi assassinado após ser reconhecido por bandidos durante um churrasco com amigos no Morro do Chaves, em Costa Barros.
Ele chegou a ser socorrido e levado para hospital estadual Carlos Chagas,  mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

HOSPITAL DA POLÍCIA MILITAR É ALVO DE BALAS PERDIDAS


As janelas do Centro de Tratamento Intensivo  do Hospital Central da Polícia Militar,  deu espaço a uma parede de tijolos que, segundo a PM, faz parte de “reformas”. Mas os funcionários, no entanto, têm outra versão: afirmam que foi a única maneira encontrada para proteger pacientes e equipe das balas perdidas que constantemente atingem o lugar..
Funcionários do hospital afirmam que o problema é frequente e dizem que só após a construção do paredão de tijolos no CTI passaram a se sentir mais seguros.– É muito comum isso acontecer por aqui. Não é raro eu chegar e uma amiga me contar algum caso de tiro nas paredes ou janelas – conta uma funcionária da limpeza do hospital, que pede para não ser identificada.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL PARA TODOS!

Quero ver você não chorar,
Não olhar para trás,
Nem se arrepender do que faz.
Quero ver o amor vencer
E se a dor nascer,
Você resistir e sorrir.
Se você pode ser assim,
Tão enorme assim eu vou crer
Que o Natal existe
E ninguém é triste
Que no mundo há sempre amor.
Bom Natal, um feliz Natal,
muito amor e paz pra você,
pra você.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

O TWITTER BOCA DE SABÃO DENUNCIOU E VIROU NOTÍCIA NO JORNAL EXTRA

  1. @bocadesabao mostra o PERU... vencido que a PMERJ deu pra sua tropa. Vejam as fotos: http://tinyurl.com/yap8ut3

 

PM entrega perus de Natal com validade vencida para policiais

O peru, com a validade vencida. Foto: Eu-Repórter / Extra

Um cabo da PM, que prefere não ser identificado, disse que recebeu a ave no último dia 16, mas a validade do peru havia terminado em 23 de novembro. O policial afirmou ainda que alguns de seus colegas de farda receberam perus que estavam com a data de validade muito próxima do fim.“Uma verdadeira falta de consideração com o Policial Militar e seus familiares”, desabafou o PM num e-mail enviado ao JORNAL EXTRA.

domingo, 20 de dezembro de 2009

PMDB FAZ CONVENÇÃO ESTADUAL USANDO PRÉDIO DA PREFEITURA, CUJO PREFEITO É DO PRÓPRIO PMDB!

1. A convenção ocorreu no Complexo Esportivo Miécimo da Silva, da Prefeitura do Rio, no bairro de Campo Grande. Prefeito e secretário de esportes são do PMDB. Presentes  prefeito e governador.
                 
2. Veja uma a uma essas fotos. A camisa distribuída tem emblema do PMDB e dos Jogos Olímpicos, partidarizando-os. Tem carro oficial da Seop e GM, tem farta distribuição de lanches: sanduíches, cachorro-quente, biscoito Elma-Chips, refrigerante Pepsi, Coca-Cola e fruta. Tem sandália com marca do PMDB distribuída, tem lixo à vontade no chão (faltou o lixômetro), tem de tudo. Tem chaveiro dado como brinde. O uso de um prédio público como o Miécimo por partido do próprio prefeito é fato novo e..., grave. Que critério usaram para autorizar e para cobrar aluguel?

3. Se isso não é uso da máquina, o que será uso da máquina?

Veja em: http://bit.ly/8OuBys

Ex Blog do César Maia

sábado, 19 de dezembro de 2009

MAIS UMA FAMÍLIA DE POLICIAL MILITAR DESTRUÍDA


O corpo do cabo da PM Renato Gomes Miranda foi enterrado neste sábado no cemitério Jardim da Saudade, seus amigos foram prestar a última homenagem ao policial. O comandante da PM, coronel Mário Sérgio participou da cerimônia.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

MORRE MAIS UM POLICIAL MILITAR




O Cabo da policia militar Renato Gomes Miranda foi ferido quando homens armados que estavam num Corsa efetuaram vários disparos durante uma tentativa de assalto a um carro de entrega de cigarros na Avenida Edgar Romero em Madureira.
Ele foi atingido na coxa esquerda, e também teve uma fratura exposta no braço direito e traumatismo craniano leve. Mas  morreu  quando  estava sendo operado no Hospital Salgado Filho
Outras duas pessoas também foram baleadas quando passavam pela rua no momento dos disparos. Um homem atingido no tórax, está passando por exames no Hospital Carlos Chagas e o outro foi levado para um hospital particular.

VEREADOR GIRÃO É PRESO


NO MÊS DE OUTUBRO O VEREADOR FOI VISTO POR DIVERSAS VEZES AO LADO DO GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL

O vereador Cristino Girão (PMN) foi preso, na noite desta quinta-feira, por policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais, na Câmara dos Vereadores.

Em julho deste ano, o vereador e segundo-sargento bombeiro Cristiano Girão foi formalmente acusado pelo Ministério Público Estadual de improbidade administrativa, a partir de enriquecimento ilícito por evolução patrimonial incompatível.
Além de Girão, que é apontado como chefe da milícia que atua na comunidade Gardênia Azul, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, também foram denunciadas sua mãe, Sueli Castro Girão, sua mulher, Samantha Miranda dos Santos, a MC Samantha, e sua ex-companheira Solange Ferreira Vieira. Todas são acusadas de encobrir as movimentações financeiras e patrimoniais supostamente ilícitas do vereador e de se beneficiarem do esquema.
O parlamentar foi levado para o Instituto Médico Legal, onde foi submetido a exame de corpo de delito. Em seguida, Girão foi encaminhado para o Grupamento Especial Prisional do Corpo de Bombeiros, onde ficará preso.

E na coluna da Berenice Seara
Prefeito Eduardo Paes ficou furioso por ter que sentar na mesma mesa que Girão


Mas...
No dia da  implosão dos prédios conhecidos como "He-Man" e "Esqueleto" em Santa Cruz,  estava presente o deputado Jorge Babu (PTN) que também é  envolvido com a milíca da zona oeste.




quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Contribuição Social de Iluminação Pública

QUER SABER QUANTO CUSTOU A APROVAÇÃO DA COSIP? 

Sabe aquelas faixas rotas, pintadas a mão, que poluem mais ainda a vista, geralmente colocadas próximos à entrada de favelas ou bairros pobres, em que invariavelmente está escrito "A COMUNIDADE AGRADECE AO VEREADOR FULANO DE TAL A REFORMA DA REDE ELÉTRICA, ou a CONCLUSÃO DA OBRA TAL"? Sabe do que estou falando? Pois na rádio-corredor da Câmara dos Vereadores do Rio não se fala de outra coisa: a aprovação da COSIP (Contribuição Social de Iluminação Pública) vai custar os olhos da cara ao bolso do contribuinte, já que o trabalho que deveria ser apenas obrigação da Rio Luz poderá vir a ser 'ofertado' (veja bem, poderá) por cada um dos 34 vereadores que nadaram contra a corrente na quarta-feira da semana passada, autorizando que, a partir do ano que vem, a Light, esta empresa modelo que quase não tem prejudicado os cariocas, repasse R$ 120 milhões a cada mês aos cofres da prefeitura através da cobrança desta taxa. Falam em 500 postes por vereador! Meu Deus...será verdade?

A pratica, infelizmente, se tornou rotineira entre os edis e, diga-se a verdade, já faz parte do jogo na relação prefeito/vereadores há muito, mas muito tempo. É um reflexo da distorção do sistema político brasileiro, reformado pela Ditadura, que impede a representação mais próxima do povo - a lista fechada e o voto distrital seriam melhores. O que acontece hoje na Câmara dos Vereadores acontece também na Assembléia Legislativa e no Congresso Nacional. É o varejo do toma lá, dá cá. Para ter seus projetos aprovados, independentemente de serem positivos ou não à população, os membros do Executivo entram neste jogo pérfido. E privatizam as benfeitorias do Estado.

Reparar postes queimados e ou acesos durante o dia é uma obrigação da administração municipal. Mas se é possível fazer e ainda por cima faturar politicamente com isto, o que acontece? Bingo! Eu não escrevo a resposta para não ser processado. Tal fato já acontece com os famosos centros sociais que garantem a eleição e reeleição perétua de vereadores, que os TREs da vida quase nunca conseguem pegar. É notório que a ausência do Estado, o desmanche da saúde pública abre brechas para que os vereadores ocupem esta lacuna com seus postos, oferecendo médicos, dentaduras, óculos. Eles são "amigos" do povo. Resta saber onde conseguem a verba para mantê-los.

ANDRÉ BALOCCO 

  
A lista dos que votaram a favor da Cosip:
Adilson Pires (PT)
Aloísio Freitas (DEM)
Aspásia Camargo (PV)
Bencardino (PRTB),
Chiquinho Brazão (PMDB),
Claudinho da Academia (PSDC),
Cristiano Girão (PMN),
Dr. Carlos Eduardo (PSB),
Dr.Fernando Morais (PR),
Dr. Gilberto (PTdoB),
Dr. Jairinho (PSC),
Dr. Jorge Manaia (PDT),
Elton Babu (PT),
Fausto Alves (PTB),
Ivanir de Mello (PP),
Marcio Pacheco (PSC),
João Mendes de Jesus (PRB),
Jorge Braz (PTdoB),
Jorge Felippe (PMDB),
Jorge Pereira (PTdoB),
Jorginho da SOS (DEM),
Leonel Brizolla Neto (PDT),
Liliam Sá (PR),
Luiz Carlos Ramos (sem partido),
Marcelo Piuí (PHS).
Nereide Pedregal (PDT),
Professor Uóston (PMDB),
Renato Moura (PTC),
Roberto Monteiro (PCdoB),
Rogério Bittar (PSB),
Rosa Fernandes (DEM),
S. Ferraz (PMDB),
Tânia Bastos (PRB),
Vera Lins (PP)

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Queremos que o policial civil tenha uma remuneração digna e não precise fazer "bico" para sobreviver.

Vestidos de Papai Noel, com  gorro, calção, cinturão e um saco vazio nas costas,  um grupo de policiais civis aposentados prometem fazer um ato público hoje  às 12:30, em frente ao Palácio Guanabara.

O protesto decidido em assembleia no início do mês é para reivindicar do Governo melhores salários para os agentes ativos e inativos da Polícia Civil fluminense.
Eles querem discutir a implantação do reescalonamento salarial da categoria, que se encontra parado no gabinete civil do Estado, desde setembro de 2007. Pela proposta, o salário dos policiais seria reajustado em média entre 40% e 50%.
A categoria também planeja outras ações como, por exemplo, uma campanha com publicidade nas ruas e uma operação padrão, que está sendo estudada para janeiro de 2010. Um inspetor de polícia de 6ª classe recebe em torno de R$ 1.500 mensais, atualmente.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Homem acusado de exterminar PMs é preso na Região dos Lagos


Antonio Marcos de Araujo preso acusado de exterminar PMs. Foto: Divulgação / Polícia Civil- 29ª DP (Madureira)

Um homem acusado de executar, pelo menos, três policiais militares, foi preso, na manhã desta segunda-feira, em Iguaba Grande, na Região dos Lagos. Segundo policiais civis da 29ª DP (Madureira), que fizeram a prisão, Antonio Marcos de Araujo, o Marquito, de 35 anos, é suspeito de fazer parte de um grupo de extermínio em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.
 Segundo investigações dos policiais civis, Antonio possui três mandados de prisão por homicídio e estava foragido há seis anos. Durante esse período ele esteve no Acre, Goiás e por último na Região dos Lagos.
Ele tentou fugir da casa onde estava no momento da chegada dos policiais, mas foi capturado. Antonio será encaminhado à carceragem da Polinter.

CASOS DE POLÍCIA

domingo, 13 de dezembro de 2009

Submundo jogo do bicho em Mato Grosso do sul



Com uma microcâmera o Fantástico entrou na sede do jogo do bicho de Mato Grosso do Sul. Havia cerca de 30 pessoas no local. Umas acompanhando tudo com atenção. Outras aguardando o resultado final enquanto jogavam sinuca. Em um canto da casa está instalado o cofre do grupo. Os sorteios ocorrem diariamente e o resultado vale para todo o Estado.

PORTAL G1

É MERDA MESMO!

Após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva soltar um palavrão em discurso sobre saneamento básico, no Maranhão, o governador do Rio, Sérgio Cabral, repetiu a mesma fala.

Ao falar sobre o trabalho de limpeza na Lagoa Rodrigo de Freitas, Cabral disse que o presidente estava certo e falou. "É merda mesmo. É merda jogada na água."

SRZD

sábado, 12 de dezembro de 2009

BLOG PRAÇAS DA PMERJ EM NOVO ENDEREÇO



Fomos sabotados! Alguém muito mal intencionado me sabotou e apagou meu blog da rede. Pior que isso é descobrir que tem um twiter com o nome praças da PMERJ criado por outra pessoa. Vou começar do zero contando com a colaboração dos amigos blogueiros para divulgar esse infortúnio e para poder continuar prestando um serviço de informação a meus companheiros. Claro que eu não esperava nada muito diferente disso, já que meu blog era um dos mais visitados e populares da internet, chegando ontem as 07:30h ao número de 812.214 visitantes em nossos quase dois anos de existência que completaríamos no dia 16 de Dezembro. Agradeço a paciência de todos e espero voltar a ativa muito em breve. Obrigada.

NOVO BLOG

DE QUEM É OS 20 MILHÕES ?

Propinoduto: quem está por trás do Silveirinha?

Lá pelos idos de 2002 e 2003, quando ocupei o cargo de Superintendente da Polícia Federal no meu Estado do Rio de Janeiro, desenvolvemos uma série de investigações contra a corrupção nos mesmos moldes do que está sendo desencadeado aqui no Distrito Federal.
Desarticulamos uma quadrilha na operação que ficou conhecida como Propinoduto. Indivíduos vinculados à arrecadação estadual faziam um trabalho de retirada desses recursos para fins pessoais e políticos. Naquela época, as investigações foram coordenadas pelos Delegados Davi Salém, hoje diretor de Inteligência do Departamento de Polícia Federal, e Angelo Fernandes Gioia, atual Superintendente da PF no RJ.
Naquela época, não se conseguiu chegar aos chefes estruturais que estavam por trás daqueles que eram os chefes operacionais, dentre os quais Rodrigo Silveirinha, preso e processado sob acusação de corrupção, lavagem de dinheiro e envio ilegal de dinheiro para a Suíça.
A matéria publicada ontem pelo jornal Folha de S. Paulo demonstra que a investigação precisa continuar. Segundo a reportagem, o ex-governador Anthony Garotinho insinua que o atual governador Sérgio Cabral seria o detentor desses recursos – algo em torno de R$ 20 milhões – que estariam sendo repatriados da Suíça para o Brasil.
Temos que dar continuidade àquela operação e verificar se as denúncias são ou não procedentes. Peço ao Ministério Público e à Polícia Federal que dêem continuidade àquelas investigações ou, se for o caso, que abram um novo inquérito para identificar os chefes estruturais do Propinoduto.
A reportagem da Folha de S. Paulo traz, também, uma outra informação que precisa ser investigada. Segundo dados integrados da Administração financeira do Estado e do Município, desde 2008, o Governo Cabral fechou nove contratos com a Linknet, no valor de R$ 30 milhões. A Linknet nada mais é do que a empresa que está envolvida no escândalo que está sendo apurado pela Polícia Federal no Distrito Federal.
Portanto, por conta da gravidade das informações fornecidas pelo ex-governador Anthony Garotinho, a Polícia Federal precisa ouvi-lo e aprofundar suas investigações, para descobrir se realmente o atual governador do Rio está por trás do esquema Silveirinha.

Discurso feito no plenário da Câmara Federal
Deputado Federal Marcelo Itagiba 


YouPode

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

POLICIAL MILITAR DE MINAS GERAIS APANHA DOS COLEGAS DE FARDA

APÓS DENUNCIAR SEUS " AMIGOS " DE FARDA NO PROGRAMA BALANÇO GERAL DE MINAS GERAIS, O POLICIAL MILITAR ALFRED FERREIRA DO 34º BPM FOI AGREDIDO E TORTURADO.
(ACONTECEU EM 2008)

MAIS VIOLÊNCIA CONTRA POLICIAIS MILITARES

PM É BALEADO EM INHAÚMA

PM REFORMADO É ASSASSINADO COM 10 TIROS

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

POLICIAL MILITAR! CONFIE E DENUNCIE TODAS AS IRREGULARIDADES DENTRO DO SEU BATALHÃO



O  microblog de maior sucesso na internet  tem a sua finalidade: MORALIZAR UMA CORPORAÇÃO

BOCA DE SABÃO ENTREVISTA EXCLUSIVA COM SIDNEY REZENDE

 PMs se unem e criam perfil anônimo que denuncia irregularidades na corporação

 "Todo policial militar é corrupto". Essa afirmação parte da boca de praticamente todo cidadão carioca e mostra bem qual é a ideia de conduta que a população tem da Polícia Militar. No entanto, um grupo de oficiais está disposto a mudar isso e o instrumento deles é o "Boca de Sabão", personagem criado para denunciar irregularidades dentro da corporação. As denúncias começaram a ser divulgadas num blog e depois foi criado um perfil na rede de microblogs Twitter só com essa finalidade.

Antes limitado aos próprios membros da PM, o "Boca" ganhou popularidade através da nova plataforma e se tornou um herói para os oficiais insatisfeitos com a imagem de corrupção que a corporação ganhou. Em entrevista exclusiva ao SRZD, um dos policiais responsáveis pelo perfil no Twitter (@bocadesabao ) disse que também há aqueles que os odeiam.

* PM nega, mas 'Boca' garante que é perseguido e denúncias são ignoradas

"As reações são bem distintas. Os comandantes e seus respectivos puxa-sacos nos odeiam, mas o restante da corporação nos adora", garantiu o "Boca de Sabão", gíria que significa fofoqueiro. Na conversa, combinada num chat online para preservar a identidade do policial, ele explicou como o grupo procede para apurar as denúncias.

"Temos uma rede de colaboradores em várias unidades, até no quartel-general, e eles não necessariamente conhecem a nossa identidade. É uma rede complexa", limitou-se a dizer.

LEIA  TODA ENTREVISTA

http://twitter.com/bocadesabao
Denúncias devem ser enviadas para:denunciasproboca@gmail.com

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Polícias de SP e RJ matam mais que a da África do Sul, diz ONG



LEIA O RELATÓRIO DA ONG

O governador do Rio disse que não vai se manifestar sobre o relatório. 
Beltrame diz que não reconhece afirmação como ‘verdade absoluta’. Para ele é preciso considerar facções armadas que policiais enfrentam.

DEFENSORIA PÚBLICA NOS BATALHÕES


MAIS UM POLICIAL MILITAR É EXECUTADO

O policial militar sargento Pacheco (22º BPM ), foi executado na manhã de hoje quando fazia patrulhamento no bairro de Bonsucesso. Ele estava acompanhado de outro policial quando os dois foram surpreendidos por homens que passaram atirando de dentro de um táxi. Levado para o Hospital Geral de Bonsucesso, o sargento não resistiu e morreu. Os autores dos disparos fugiram.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

A ATRIZ LADY FRANCISCO : " NÓS ESTAMOS ORFÃOS DE SEGURANÇA AQUI NO RIO DE JANEIRO"



ASSALTADA EM COPACABANA
A atriz disse que saía do teatro onde apresentava uma peça, no posto 6. Quando entrava em seu carro, um assaltante a abordou e entrou no veículo.

Ela seguiu dirigindo até o Leme com o criminoso no carro, que além de agredi-la ainda levou uma quantia em dinheiro e um anel de família..

VIOLÊNCIA ENTRE TORCEDORES

 A comemoração do título de campeão brasileiro no bairro do Leblon virou uma praça de guerra . Trocando socos, pontapés e golpes com pedaços de pau no meio da rua, os violentos torcedores só pararam quando a polícia interviu nas brigas. Além da pancadaria, carros e orelhões foram quebrados.

Na Gávea rapazes jogaram uma garrafa na viatura da polícia. O vidro traseiro foi quebrado e um policial militar ficou  ferido por estilhaços. Os dois rapazes foram levados para delegacia da Gávea e autuados por desacato à autoridade. Mais tarde torcedores e policiais travaram uma batalha campal na Praça Santos Dumont e no Baixo Gávea.

sábado, 5 de dezembro de 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

CABRAL BEBEU OU FUMOU?



Em entrevista à "Rádio CBN", na terça-feira dia 01/12, o governador  Sérgio Cabral, afirmou que até 2016 todos os trens da capital fluminense terão ar condicionado. E blá, blá e  blá.... Fui conferir e acabei ouvindo toda entrevista. Para quem não tem saco de ouvir a voz do governador o texto abaixo está no trecho 38:46.

OUÇA AQUI A ENTREVISTA

Ao falar sobre a operação Lei Seca no Rio, Cabral contou que este é um projeto permanente, que conta com a mobilização de agentes do Detran, de oficiais da PM e de diversos órgãos do estado. Ele afirmou ainda que parou de fumar com a implantação do projeto. "A Lei Seca começou dia 18 de novembro e a partir deste dia parei de fumar para dar exemplo à população", disse ele.
"Na época, fiquei impressionado com as pesquisas que mostravam o grande número de fumantes passivos que têm problemas sérios, até mesmo câncer, por causa das pessoas que fumam. Foi a melhor coisa que fiz", finalizou ele.

LINK

Novidade no combate ao crime, delação premiada é aprovada por analistas





Além do aumento da punição aos criminosos envolvidos com o crime organizado, o novo projeto de lei aprovado pelo Senado e que agora vai para a Câmara dos Deputados em Brasília prevê duas novidades no combate ao crime. Caso a proposta, feita pelo senador Aloizio Mercadante (PT-SP), seja aprovada, as autoridades brasileiras finalmente poderão fazer uso da delação premiada e de agentes infiltrados. A notícia foi bem recebida pos especialistas em segurança pública.
"A delação premiada era uma necessidade muito grande, um avança em relação à postura anterior, que era a de não negociar com bandidos. As melhores informações sempre são de quem está dentro", disse a antropóloga Alba Zaluar, entre entrevista ao SRZD . Ela é professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde coordena o Núcleo de Pesquisas das Violências (NUPEVI).

O deputado estadual Flávio Bolsonaro (PP-RJ), que acompanha ações da Polícia Militar, também aprovou a iniciativa. Para ele, as autoridades precisam lançar mão de todos os recursos possíveis para combater o crime.

"Tudo que caminha no sentido de reduzir a sensação de impunidade é válido. Se uma pessoa é presa e ela é ligada ao tráfico ou a qualquer organização criminosa, ela pode dar informações que possibilitem a prisão de mais traficantes e a apreensão de drogas", explicou o deputado, ao SRZD .

Infiltração também é aprovada

Tanto Alba Zaluar quanto Flávio Bolsonaro também concordaram que a possibilidade de infiltrar agentes em organizações criminosas é uma melhoria no combate ao crime, mas a antropóloga fez ressalvas quanto ao risco que os infiltrados vão correr.

"A infiltração é muito perigosa, mas essa medida é um passo importante porque retira a necessidade de confrontar diretamente os traficantes, é uma ação de inteligência. O confronto direto põe em risco a vida de pessoas e também cria cicatrizes nelas", disse Alba Zaluar.

fonte - SIDNEY REZENDE

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Manifestantes invadem Câmara do DF e quebram portas de vidro



Grupo de 150 pessoas usou caixão e fez 'carreata' com meias e cuecas.
'Arruda na Papuda, PO no xilindró', gritavam, sobre governador e seu vice.

Cerca de 150 manifestantes invadiram o plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal nesta quarta-feira (2) em protesto contra as denúncias de corrupção envolvendo políticos de Brasília. Com um caixão, eles quebraram duas portas de vidro da Casa e subiram na Mesa Diretora. Para evitar mais depredação, seguranças retiraram computadores e outros objetos do plenário.

Os manifestantes –estudantes e pessoas com bandeiras do PSTU– gritaram palavras de ordem e frases como “O Arruda vai cair” e “Arruda na Papuda, PO no xilindró”. Papuda é uma prisão em Brasília e PO é como é conhecido o vice-governador, Paulo Octávio (DEM).

SARGENTO DA PM É FUZILADO EM PACIÊNCIA

O sargento da Polícia Militar Jorge Luiz Fernandes de Oliveira foi morto a tiros em Paciência, na Zona Oeste do Rio. Ainda não há pistas sobre os autores do crime. 

O crime ocorreu no início da noite de ontem . De acordo com agentes da delegacia, o sargento foi morto a tiros de fuzil.  A vítima estava dentro de um carro quando os criminosos efetuaram os disparos.

E na segunda-feira
O sargento da Polícia Militar Ricardo Guimarães Monteiro do 16º BPM de Olaria foi morto numa tentativa de assalto na avenida Maracanã. Ele  prestava serviços para Eurico Miranda, ex-presidente do Vasco da Gama. Eurico informou que conhecia o PM há mais de cinco anos e que ele costumava acompanhar a sua equipe de segurança.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

PROTESTO CONTRA O GOVERNADOR


E aí?
Você vai?
Ou vai continuar RECLAMANDO PELOS CANTOS, subindo FAVELAS, tomando TIRO e bancando o CAPACHO sem reconhecimento algum pelo seu VALIOSO TRABALHO?
COPA DO MUNDO de 2014!
OLIMPÍADAS de 2016!
O presidente MOLUSCO, o DESCOBRIDOR do Rio de Janeiro e o BONECO DE VENTRÍLOQUO rindo à toa, junto com o Nuzman e demais membros da COMITIVA lá em Copenhague.
Enquanto isso, três soldados da PM morriam dentro de um helicóptero em nome de seus juramentos, sem serem reconhecidos PELA SOCIEDADE ou por seus CHEFES IMEDIATOS.
Quem será o próximo?
O que VOCÊ vai deixar para seus filhos quando FINALMENTE TOMBAR, vítima da inépcia, da incompetência, do experimentalismo, do gasto criminoso de verbas milionárias em “panacéias” mil, que deixam o HOMEM à míngua de amparo?

Força e Honra!
Porque isso eles não nos podem tirar.

GRUPO PCERJ