terça-feira, 26 de janeiro de 2010

TRANSPORTE NO RIO - TRECHOS DE UMA REPORTAGEM - TRIBUNA DA IMPRENSA

As privatizações escandalosas de metrôs, trens, barcas e rodovias. O domínio monopolista dos ônibus. A tragédia de um país sem transporte


Falam muito que os serviços públicos não prestam, não funcionam, massacram a população. FHC criou a Comissão de Desestatização, que não melhorou nada, mas enriqueceu muita gente.


(E a CPI que investigaria esses enriquecimentos ilícitos?)

Agora se constata que os transportes privatizados, são os piores do mundo. As barcas, lentas, verdadeiras saunas, cada vez mais caras. Sempre atrasadas e sem explicação.

Metrô sem ar condicionado, sempre superlotado, sem que se saiba quando chegarão. Os trens com o mesmo abandono, desinteresse, desprezo pela coletividade. A mesma participação (?) da Supervia, que recebe antes pelo serviço, que aliás não presta. Não presta? Puxa, jamais duas palavras se completaram tão bem, e rimam na desarticulação e exploração do povo.
O Rio capital, com mais de 6 milhões de habitantes fixos, sem falar os quase 2 milhões que se deslocam diariamente da Baixada, de Niterói, São Gonçalo, tem talvez, (proporcionalmente), o pior serviço de transporte coletivo do Brasil. E não há expectativa de melhora.
O Rio sofre ainda com a calamidade dos ônibus, controlados pela Fetranspor, um dos órgãos mais poderosos não só daqui mais de todo o país. Muita gente me pergunta por que esses ônibus quase sempre estão vazios, ou então com pouquíssimos passageiros.


Podem se estarrecer: há dezenas de anos, os ônibus, além de cobrarem dos passageiros, recebem da Prefeitura, POR QUILÔMETRO PERCORRIDO. Esse acordo foi feito há muito tempo, e dura até hoje. Motivo: a partir de determinada hora, geralmente 9 da noite, as empresas de ônibus recolhiam seus veículos, então quem precisava deles a partir daí, ficava sem transporte.

Como a Prefeitura sabia que tinha a obrigação de servir à população, fez essa combinação, e os ônibus voltaram a circular em determinados bairros. Mas como o negócio era muito bom, ou melhor, agradavelmente bom, foi estendido para outros lugares que não tinham tanta carência de ônibus.


Portanto, quando nós todos olharmos para os ônibus trafegando vazios ou com pouquíssimas pessoas, se lembrem: por trás de tudo está a Fetranspor.

Os homens que exploram as barcas, trens, Supervia e o resto do pouco transporte, são os mesmos há anos. Os governadores e prefeitos, do passado, de hoje e do futuro, todos são cúmplices dessa tragédia que a Constituição chama de DIREITO DE IR E VIR.

FONTE



7 comentários:

Anônimo disse...

QUEM SE OMITE TAMBÉM É CÚMPLICE. FORA CABRAL E O PMDB!!!

Rafael Costa disse...

O Transporte Público no Rio de Janeiro está um lixo completo ! Todos em geral ! Ônibus caindo aos pedaços, bilhete único completamente inútil e o metrô que era o único que funcionava mais ou menos virou um caos ! Vergonha !

Luciano disse...

Sou bombeiro do Rio e criei um blog para noticiar informações importantes para nós bombeiros e os policiais e gostaria de saber se voce tem interesse em fazer uma parceria de link,seria um forma de estarmos divulgando junto nossos trabalhos,se tiver interesse é só adicionar o meu blog e me mandar o seu que adiciona na hora,desde já obrigado e aguardo sua resposta

Meu Blog:

http://heroisdavida.blogspot.com/

Mario disse...

Caros companheiros de farda,

Fiquei duas madrugadas acordado (dias 26 e 27) e não consegui fazer a inscrição no 18º ciclo do pronasci. Tentei centenas de vezes e quando fui a uma lanhouse de manhã tive a triste notícia de que já havia encerrado as inscrições. Dezenas de companheiros que conheço também ficaram de fora deste ciclo. Perguntas:

1 - Se o recebimento dos R$ 1.200,00 estão condicionados a frequencia nos ciclos 18, 19 e 20, como vai ficar a situação de quem não conseguiu de cadastrar ?

2 - Se existem 70.000 vagas para o Estado do Rio de Janeiro, porque acabou tão rápido já que milhares sequer estão inscritos no PRONASCI, como é o caso de quem ganha mais de R$ 1.700,00, sendo que o teto agora mudou para R$ 3.200,00 ?

3 - Quem foi aos telecentros ficou horrorizado com a bagunça, como é que fica ?

4 - O próprio Governo Federal se mostrou incompetente ao adiar as inscrições do dia 26 para o dia 27, o que podemos fazer quanto a isso ?

5 - Será que vai haver uma inscrição só para o pessoal do Rio de Janeiro ?

6 - E o pessoal que nunca fez o curso do PRONASCI porque ganhava mais de R$ 1.700,00 e que agora vai poder se inscrever, com um teto de R$ 3.200,00 como é que fica ?

7 - Será que no póximo ciclo continuará a mesma bagunça ou se prepararão para receber 200.000 inscrições ao mesmo tempo ?

8 - E o pessoal que estava de serviço a noite e não conseguiu se inscrever, como é que fica, já que deram um prazo até 31 de Janeiro e as vagas acabaram-se no mesmo dia ?

CIRO disse...

A FETRANSPORT não é a mesma que financia campanhas várias campanhas eleitorais? É o ciclo do pseudo-capitalismo brasileiro. Nós pagamos os Governos, estes pagam a FETRANSPOT, nós pagamos a FETRANSPORT, a FETRANSPORT financis campanhas eleitorais para continuar com benesses e por aí vai...

Anônimo disse...

ANASPRA - GREVE NACIONAL.
EMAIL RECEBIDO:
Greve Nacional dos militares estaduais.
Reunião definirá os passos para a greve nacional.
Nos dias 01, 02, e 03 de fevereiro a Associação Nacional de Praças (Anaspra) realizará reuniões, em Brasília, para tratar sobre o indicativo de greve nacional dos militares estaduais de todo o Brasil. A paralisação acontecerá caso não seja aprovada a Proposta de Emenda Constitucional de número 300.
O movimento a favor da aprovação da PEC 300 e da paralisação ganhou mais força com a inserção da Polícia Civil que promete cruzar os braços também.
As reivindicações fazem parte de uma nova proposta: a solidificação de um Movimento Unificado das Polícias Estaduais do Brasil que promete fazer bastante barulho.

Anônimo disse...

E isso tudo é culpa única e exclusivamente de quem??????? R: Sergio Pinóquio Cabral FDP. Ora!! quem poderia ser o único responsável pelas mazelas do estado do RJ???? Só pode ser esse vagabundo de merda do Pinóquio. Esse cara passou dos limites de seu cinismo e da sua completa incompetência.

Vá pra PQP, seu filho de uma égua, burro e incapaz de fazer alguma coisa decente. FORA CABRAL MENTIROSO E CANALHA!