domingo, 21 de fevereiro de 2010

O BLOCO, O BEIJO E O IDOSO... E NO FINAL O COITADO DO PM É QUE SE FERRA

Uma maior e uma menor de idade foram levadas para a delegacia do Leblon, após se beijarem durante da passagem do bloco Mulheres de Chico. Um idoso acionou os policiais alegando suspeita de pedofilia. Houve discussão e o caso foi parar na delegacia. Durante a confusão, um policial militar foi atropelado por um taxista.O soldado do 23º BPM Abílio Cezar Lima Cabral  foi empurrado e acabou atropelado por um táxi, tendo o tornozelo fraturado.

6 comentários:

Anônimo disse...

" A compaixão nem sempre é virtude, quem poupa a vida do LOBO condena 'a morte as Ovelhas" (Victor Hugo)

leila castro disse...

Acho que o PM sempre se ferra.
Ou ele se ferra quando age eficientemente, porém com respeito a população. Ou se ferra quando enlouquecidamente deixa descarregar suas frustrações (totalmente compreensíveis) na população.
Ou mudamos o rumo destes governos que não respeitam, não capacitam e não valorizam seus agentes de seguranças e seus educadores, ou continuaremos com este caos urbano,social e conceitual de nosso estado.
Sem mudanças, só teremos PMs ferrados, professores desestimulados e acaberemos tendo "dias de fúria estadual".

CAPITAL E UOPE HOMENS DE VERDADE disse...

CAROS COMPANHEIROS E LEITORES: VAMOS FOCAR NOSSO ESFORÇOS NAS PEC 300 OU 446, BOLSA OLIMPICA, FORMAÇAO, COPA O QUE VIER PARA COMPLETAR A RENDA DE COLEGAS QUE ESTÃO EM DIFICULDADES EM TODO O PAIS, ESSE PROBLEMAS INTERNOS TEM QUE SER RESOLVIDOS NA JUSTIÇA OU NA CALADA DA NOITE. NÃO ACEITO O POLICIAL RECLAMANDO QUANDO ESTÁ ATUANDO EM ALGUNS BATALHOES, HÁ LUGARES PIORES NA PM DO RJ PARA TRABALHAR E BASEAMENTOS HORRIVEIS E COVARDES. VAMOS DAR A RESPOSTA DE INCOMPETENCIAS POLITICAS NAS URNAS E EM MOBILIZAÇÕES. PERGUNTA: QUAL É O PROBLEMA DE DEFENDER POLICIAIS DO 1,2,3 CPA E CMDO UOPE ? ALGUEM DUVIDA QUE SÃO POLICIAIS HEROIS E HOMENS DE VERDADE ?!!! VIRAM O PM DA CAPITAL TEM 90% DE CHANCE DE SE DÁ MAL. E DO INTERIOR ....

Anônimo disse...

JUSTICEIRO SILENCIOSO

Denúncias, elogios e escrachadas!!! Tudo que você quiser expor, fique a vontade. Ajude a fazer uma comunidade melhor.

CUIDADO COM GRAMPO!!!!
POLICIAL DE UPP, NÃO SATISFEITO COM DESEMPENHO DE PATRULHAMENTO, "DESENROLOU" VIA TEL COM TRAFICANTE GORDINHO A APREENSÃO DE UMA CARGA DE HAXIXE, MAS APÓS A CHEGADA DE UM BOM POLICIAL, DEU COM OS BURROS N´AGUA, HAJA VISTA O MESMO SER HONESTO. SALVE SD PM PIO. BEP AO SD PM R. PEREIRA.

http://silencejustice.blogspot.com/

Anônimo disse...

A LUTA CONTINUA!
Caros Policiais e Bombeiros Militares, nós fizemos história em Brasília, porém saímos com as mãos vazias e isso se deve muito ao fato de não termos organizado adequadamente a nossa mobilização.
Meio que no improviso e como se estivéssemos indo para uma festa, nada possuindo de concreto, seguimos para o Distrito Federal, sem saber quais seriam os nossos próximos passos, um erro primário de qualquer ação articulada.
Teve o seu lado positivo, mostramos a nossa força, mas não podemos repetir o erro. Só podemos seguir novamente para Brasília após um criterioso planejamento e sabendo realmente o que irá ocorrer no plenário da Câmara do Deputados, não podemos mais bancar os "bonecos de posto".
A luta é de todos nós e a mobilização também é de todos.
Vamos nos reunir no dia 26 FEV 2010, às 18:00 horas, na Candelária e traçar nossos objetivos e ações. Vamos tratar da PEC 300, da PEC 446 e de reajuste imediato de salário. Em seguida, caminharemos pela Av Rio Branco até a Cinelândia, dando continuidade à luta por melhores salários e por adequadas condições de trabalho, no Rio de Janeiro.
Sérgio Cabral nos deve mais de 50% de reposição salarial.
Penso que nos outros estados do Brasil devam ocorrer mobilizações semelhantes, assim poderemos realizar em Brasília uma grande reunião de âmbito nacional.
“A farda não abafa, no peito do Soldado, o cidadão".
Marechal Osório

Anônimo disse...

Se ele recebia R$ 350,00, agora acabou para ele, Governo FdP, justamente quando o mango mais precisa dessa esmola, ele fica sem,
Aumento já, ou greve.