quarta-feira, 17 de março de 2010

Deputado Estadual Rodrigo Dantas e imagens recentes mostram a frouxa atuação de Cabral na defesa do Rio de Janeiro

20 comentários:

Anônimo disse...

O governador Sérgio Cabral, que conduziu muito mal a negociação congressual, irritando-se excessivamente no primeiro momento e chegando às lágrimas quando o estado foi atingido pelo corte de recursos, tem que tomar cuidado para que a passeata de hoje não se transforme em um tiro no pé.
BLOG DO NOBLAT

Anônimo disse...

VOU AO ATO PÚBLICO, MAS COM CERTEZA VOU VAIAR O GOVERNADOR MENTIROSO!!!

FORA CABRAL

Anônimo disse...

VAMOS PEDIR O IMPEACHMENT do GOVERNADOR!

Anônimo disse...

É O QUE DA NO PUXA-SAQUISMO; A HORA QUE O APEDEUTA O PREJUDICA; NÃO TEM MORAL PARA REAGIR.... ISTO É QUASE TODO OS BRASILEIROS QUE ESTÃO SE "VENDENDO" DE DIVERSAS FORMAS PARA ESTE DESgoverno QUE ESTÁ AÍ.... AGORA ESTE SERGIO CABRAL... APRENDEU A BEBER CACHAÇA COM QUEM?

Anônimo disse...

Tô há varias noites sem dormir... to muito comovido com o choro do cabral... mas animado com as vaias!

uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuú

Anônimo disse...

Como se o Cabral não soubesse que fossem enfiar uma pica homérica na bunda do Rio de Janeiro.

1º Lula tem maioria no congresso. Bastaria apenas ele dizer para o pessoal não deixar passar.


2º Pode ser uma jogada para Lula que ganha no Norte, Nordeste e Centro-Oeste, ainda faltam as regiões Sul e Sudeste. Se ele vetar a aprovação dessa proposta ele iria se sair como o herói dessa região ganhando muito votos do Rio e São Paulo.

Anônimo disse...

Governador Sergio Cabrita
É pior que cão vira lata
Vive a lamber seu "dono"
Afim de migalhas, bravatas
É um grande incompetente
Um cafageste, indecente
Desgoverno! Ladrão de gravatas!!!

Anônimo disse...

Sérgio Cabral antes do término do prazo, prorroga a concessão do Metrô até 2038, a esposa do governador é advogada do Metrô, ilegal e daí ?

Nada se apura, nada se investiga, deputados recolhem assinaturas para uma CPI do metrô, mas o Presidente da ALERJ Jorge Picciani diz que vai arquivar, ilegal e daí ?
Justiça manda Sérgio Cabral entregar contratos das UPA's, mas Cabral não antende determinação judicial, ilegal e daí ?

As "ONG's" que supostamente "desviaram" dinheiro, que gerou as acusações contra Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho, continuam prestando serviços, e recebendo do Governo do Sérgio Cabral, e daí ?
Se são ONG's que desviaram dinheiro, por que ainda prestam serviço, e recebem milhões do Sérgio Cabral, conforme denunciado pelo Deputado Alessandro Molon ?

Anônimo disse...

Às 16h, na Candelária, quem mora no Rio de Janeiro deve comparecer na passeata contra o roubo no repasse dos royalties do petróleo. E aproveitar e vaiar Sérgio Cabral!

CARIOCA LEGAL disse...

TÔ NESSA!!!
VAMOS VAIAR!!!

Anônimo disse...

Os PMs, BMs e PCs que nao estivessem escalados e estivessem de folga poderiam comparecer ao evento para panfletar ou levar faixas da PEC 300. Seria uma otima oportunidade de pressionarmos tendo em vista que o evento devera ser transmititido nos telejornais das principais emissoras de TV e noticiado nos jornais.
Agora e a hora !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Cabral acredita no veto do presidente Lula, caso a emenda seja aprovada também no Senado, mesmo sendo um ano de eleição presidencial.
mas
O LULA NÃO VAI VETAR! ELE VAI DAR UMA CALÇA ARRIADA NO CABRAL!

Praças da PMERJ disse...

CADÊ OS DEPUTADOS PAULO RAMOS E FLÁVIO BOLSONARO QUE NÃO SE PRONUNCIARAM???

Anônimo disse...

Os dois únicos culpados que podem ser punidos pela lambança da mudança da legislação dos royalties sobre o petróleo são Luiz Inácio Lula da Silva, o atual presidente, e Dilma Rousseff, a pretendente que pretendeu usar o pré-sal como alavanca eleitoral. Foram eles que mexeram no tema de forma açodada, em pleno ano eleitoral, sem a mínima necessidade, pois o tema exige, como se vê, amplo debate. O governador espalhafatoso e o prefeitinho fantoche do Rio de Janeiro estão em uma imensa saia justa. Protestar contra quem? Contra os demais estados? Além de burro e imbecil, seria um ato absolutamente infrutífero, que apenas aprofundaria os rachas na federação. O protesto deve ser contra Lula e Dilma, os únicos que podem vetar o projeto aprovado na Câmara e que já seguiu para o Congresso, mesmo que o veto possa ser derrubado. Lula e Dilma devem ser pressionados a tomarem uma posição clara: concordam com o Rio e o Espírito Santo e discordam dos demais estados? Vão destinar outros recursos aos estados produtores para compensar eventuais perdas? Vão aumentar a fatia do bolo para os demais estados brasileiros sem prejudicar o estados produtores? São questões muito simples a serem colocadas para os dois únicos responsáveis por tamanha crise. Os traidores do Rio de Janeiro e do Espírito Santo têm nome e sobrenome: Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, que não honraram o que estava combinado (manter o status atual e legislar para frente, para o futuro) e que não quiseram pressionar a maioria que possuem no Congresso para buscar, pelo menos, o equilíbrio em questão tão relevante. Portanto, podem preparar a faixa: " Dilma, o meu royaltie(escrito assim por um carioca tão esperto quanto o seu governador que, aliás, tem um inglês espetacular!)de volta ou não tem voto!".

BETY disse...

O governo do RJ está tomando pela cara exatamente o que plantou.
Andou lambendo as botas do Lula e os sapatos da Dilma, lançando a candidata em um inglês engrolado, fazendo palhaçadas…
Agora tome cego!
Bem feito! Tenho pena do Rio, mas foram os cariocas que puseram essa anta no governo, esse puxa-saco.
Quero ver acertar isso agora. Estou esperando sentadinha.

jefferson disse...

É para ver como os politicos fazem o que bem entendem. Quanto estão gastando nesta mobilização para defender uma grana que é de todo o Pais??? Pois o mar é teritorio brasileiro,e a Petrobras foi montada com o dinheiro de todo o Brasil. O que é que o RJ botou de dinheiro para explorar o petroleo, NADA,só ganha com isto em impostos,empregos,retorno de investimentos ,empresas,eles que vão trabalhar,parem de traficar(influencias,drogas etc). O povo do RJ está sendo manipulado por um sem escrupulos.

Anônimo disse...

PEC 300 - Ministro da Justiça adverte para impacto de piso para PMs

Marcello Casal Jr./ABr
Desde o início do ano, policiais e bombeiros acompanham a votação da proposta na Câmara.

O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, manifestou preocupação ante a possibilidade de aprovação do piso salarial nacional para policiais e bombeiros. A medida está prevista no substitutivo às PECs 300/08 e 446/09. O texto principal foi aprovado em primeiro turno pela Câmara no início do mês. Os deputados ainda precisam votar os destaques apresentados ao texto. O ministro esteve reunido hoje(17) com o presidente da Câmara, Michel Temer, para discutir propostas de interesse de sua pasta.

O substitutivo estabelece prazo de 180 dias para implantação do piso e cria um valor provisório ( R$ 3,5 mil para os policiais de menor graduação e R$ 7 mil para os oficiais do menor posto) até que seja editada a lei para regulamentar o valor definitivo.

O ministro explicou que a adoção do piso no prazo previsto no texto aprovado provocará um impacto imediato de cerca de R$ 17,8 bilhões. Ele argumenta que os estados não terão como arcar com essa nova despesa, e a União acabaria tendo que complementar recursos dos governos estaduais.

Ele disse a Temer que o mais adequado seria a implantação gradual do piso.

Anônimo disse...

É claro que estou a favor do Rio e que tb sei o que são royalties. O que ñ entendo é por que a cidade de Mesquita esta há tanto tempo com o abastecimento de água irregular. Chega ao absurdo de passar semanas sem cair água, mas a conta chega e ñ pague pra ver. Essa é a minha questão, aliás de toda a população de Mesquita. Fui convidado pela prefeitura para comparecer na passeata, onibus de graça, lache, camisetas e bandeiras ! De onde veio tamto dinheiro?

Anônimo disse...

O POVO TEM QUE PARAR DE SER BOBO, PQ QUANDO NOS PRECISAMOS DE UM SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO PASSAMOS A ESPERAR ATÉ SER ATENDIDO. AGORA REUNIR O POVO E COLOCAR DE BUCHA..NÃO CONCORDO...NEM QUE ISSO VENHA A PREJUDICAR A POPULAÇÃO EU NÃO PARTICIPO!

Anônimo disse...

Engraçado, o governo do Rio perde o controle dos royalties por pura incopentencia e agora quer usar o povo pra chamar a atenção do governo federal?