quarta-feira, 24 de março de 2010

Comandante do 22º BPM baleado

O comandante do 22º BPM ( Maré ) Franco Nunes, foi baleado na perna esquerda, na manhã desta quarta-feira, quando saía de casa para o trabalho.  Ele está sendo submetido a uma cirurgia no Hospital Quinta D´Or.
A assessoria do hospital informou que o militar chegou lúcido, por volta das 10h50. A bala que atingiu a perna esquerda, abaixo do joelho, está sendo retirada.

6 comentários:

Anônimo disse...

Embora infelizmente este comandante foi alvo de vagabundo , vamos avaliar, o oficial foi levado oara o Hospital Quinta D´Or para ser socorrido dete tiro na perna.

E o PRAÇA? Para onde ele vai? Com ceteza vai para um HPM ser submetido a um açougueiro.

Anônimo disse...

PRAÇA VAI PARA O AÇOUGUEIRO DO HCPM
E OFICIAL PARA O QUINTA'DOR!


PRAÇA QUANDO MORRE VAI PARA O COLO DO CAPIROTO E OFICIAL VAI PARA O CEU!!!!!!

Editor disse...

Olá companheiro!
Não estou vendo mais meu link/banner. Aconteceu algo?

Se quiser atualizar, o blog mudou o nome para Policiais e Bombeiros do Brasil.

Um abraço!

Anônimo disse...

Anna Carolina Jatobá e Alexandre Nardoni, se forem condenados pela Justiça, poderão receber um benefício equivalente a um salário mensal de R$ 798,30, conforme Portaria nº 350, de 30 de dezembro de 2009. Chama-se auxílio-reclusão. É lei.



De acordo com a Previdência Social brasileira, o auxílio-reclusão é um benefício devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão, durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto. Não cabe concessão de auxílio-reclusão aos dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou cumprindo pena em regime aberto.

Após a concessão do benefício, os dependentes devem apresentar à Previdência Social, de três em três meses, atestado de que o trabalhador continua preso, emitido por autoridade competente, sob pena de suspensão do benefício. Esse documento será o atestado de recolhimento do segurado à prisão.

Se isso acontecer, o sofrido brasileiro que recebe salário mínimo - ou menos - vai simplesmente, enlouquecer.

Anônimo disse...

Transmissão de um arrastão na praia de Copacabana. Programa do Jô com Bruno Mazzeo

http://www.youtube.com/watch?v=2_CtAoVC_wQ

é só para descontrair

beto rj disse...

ENGRAÇADO QUANDO O PRAÇA FAZ ALGUMA COISA EM OUTRO HOSPITAL QUE NÃO SEJA O HCPM , NÃO PODE , NÃO VALE REALMENTE ESSA PM É UM LIXO MESMO POR QUE NÃO LEVARAM PARA O HCPM ATÉ POR QUE É BEM MAS PERTO DO QUE ELE ESTA AGORA ISSO COM CERTEZA FOI DISPARO ACIDENTAL MASSSSSSSSSSS A TAL DE NEGLIGENCIA IMPRUDENCIA ,IMPERICIA NÃO VALE PARA ELE TENDO EM VISTA É CORONEL