domingo, 1 de maio de 2011

Vamos nos unir na caminhada pela dignidade do BOMBEIRO MILITAR!



JUNTOS SOMOS FORTES.

21 comentários:

Anônimo disse...

Se não conquistarmos anossa volta a secretaria de segurança publica cotinuaremos sendo o brinqedinho!!!

Anônimo disse...

VAMOS PESSOAL ADERIR AO MOVIMENTO! A UNIÃO DOS BOMBEIROS DEIXA QUALQUER UM IMPRESSIONADO, ENQUANTO NÓS PMS FICAMOS DE BRAÇOS CRUZADOS! ENTREMOS NESSA LUTA, A OPORTUNIDADE É AGORA!

Anônimo disse...

vamos pressionar os deputados pela aprovação da pec24/2008;por um soldo digno.

KikoPMERJ disse...

OS BOMBEIROS SOBREVIVERÃO, ELES SÃO SOLDADOS DO FOGO VALENTE!

Anônimo disse...

NÃO VALE A PENA SER PM NO RIO!
NÃO TEMOS UNIÃO, TÁ TODO MUNDO ARREGADO, NINGUÉM QUER SALÁRIO DIGNO, TENHO VERGONHA DESSA CORPORAÇÃO.

Anônimo disse...

Companheiros vamos nos unir aos valentes BM, não devemos ficar questionando se os PMs safados estão ou não satisfeitos, se cada PM honesto comparecer as manifestações dos BMs já teremos um somatório considerável. Eu acho que devemos levar faixas para mostrar que PMs estão lá com os BMs, se cada um de nós chamar um amigo PC teremos um reforço tremendo. Não podemos deixar os BMs sozinhos nessa pois isso seria um sacanagem sendo que o que eles(BM)conseguirem vai se estender a nós PMs.Vamos lá gente juntos somos fortes PMs,BMs e PCs todos unidos.Obs:Cadê a Mônica????Chega de gratificações e aumento fajuto...Estado do Rio segondo em arrecadações,pensem nisso.

Anônimo disse...

SÉRGIO CABRAL QUANDO ERA CANDIDATO AO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DISSE:

“O GOVERNANTE QUE DIZ QUE O ESTADO DO RIO NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR MELHOR SEUS POLICIAIS ESTÁ MENTINDO!”

E ELE CONTINUOU SUSTENTANDO A MENTIRA

Anônimo disse...

MORREU O sargento do Corpo de Bombeiros Edmar Rosa Branco Guidorme, de 45 anos, baleado nesta madrugada na Vila Cruzeiro, na Penha, Zona Norte, morreu há pouco no Hospital Getúlio Vargas. Ele foi atingido por cinco disparos enquanto caminhava pela Rua Engenheiro Francisco Passos, por dois homens numa moto. Os tiros atingiram as costas, braços, coxas e abdômen da vítima. Após os disparos, os suspeitos fugiram.

Anônimo disse...

Justiça proíbe PMs de exercer funções no Detran

Uma decisão da 13ª Vara de Fazenda Pública do Rio pode pôr fim à cessão de policiais militares para exercer funções no Detran como a realização de vistorias em veículos, exames de habilitação ou até apoio à paisana, de cunho burocrático, em blitzes realizadas pelo órgão. Pela decisão, a presença de PMs nas blitzes, incluindo as da Lei Seca, fica condicionada à prestação de serviços de segurança. A Justiça deu esta semana ganho de causa em primeira instância ao Sindicato dos Funcionários do Detran (Sindetran), que havia entrado em 2008 com a ação que pede o afastamento dos PMs desses serviços. A entidade alega que os agentes são cedidos por indicação política e ganham gratificações de R$ 3 mil mensais, em média.

De acordo com o texto da sentença, dados apresentados no processo mostram que 73 PMs exercem as funções de licenciadores e examinadores e outros quatro atuam em operações especiais, o que significa “77 policiais a menos na função de repressão ao crime”. A assessoria de imprensa da corporação enviou nota ontem alegando que no Detran “há 72 PMs, sendo que 63 estão em atividade-fim e apenas nove em funções burocráticas”.

Ainda na sentença, o juiz Ricardo Coimbra da Silva Starling Barcellos ratifica a consideração do Ministério Público de que “não é razoável a cessão de policiais militares para fazer vistoria em veículos ou examinar provas práticas de direção, sendo no mínimo um desrespeito com o cidadão que sofre com o elevado índice de violência e não sabe que servidores encarregados pela segurança pública exercem funções burocráticas estranhas à sua função”.

Na decisão, o magistrado abre exceção para o uso dos PMs pelo Detran desde que exerçam a função de inteligência e cuidem da segurança do presidente do órgão, serviços “compatíveis ao seu preparo, não caracterizando dano ao interesse público como ocorreu nos demais casos, em que se ressalta evidente desvio de finalidade”.

O Sindetran informou que não haveria motivos para a cessão dos policiais porque há nos quadros do órgão profissionais capacitados para exercer as funções que vêm sendo ocupadas pelos militares. Para a entidade, a decisão implica inclusive a retirada dos PMs à paisana que atuam em operações como a da Lei Seca. A assessoria de imprensa da corporação alega, no entanto, que “a Operação Lei Seca é uma ação da Secretaria de Governo que tem o apoio da polícia na função de dar segurança ao local da blitz”.

A decisão já estava disponível ontem no site do Tribunal de Justiça, mas ainda está sendo encaminhada para publicação. A sentença estipula multa diária de R$ 100 em caso de descumprimento. Como não foi notificado oficialmente, o Detran informou não quis se pronunciar e salientou que caberá à Procuradoria Geral do Estado representar o órgão na Justiça. A mesma afirmação foi feita pela assessoria da PM, que rebateu as acusações de indicações políticas para o Detran: “Todos os policiais militares têm preparo para funções de segurança pública e trânsito”.

Anônimo disse...

Eu sou PM e Não sou Safado,dia 03/05 nós PMs da zona Oeste estaremos apoiando os Bombeiros,é o BM e o PM no local...

Anônimo disse...

Companheiros BMs,estarei com Voces no dia 03/05,PM Aguia.

Anônimo disse...

Voce das 11:58,pare de falar besteira é hora de ajudar não de atrapalhar,seja homem e participe.eu irei,PM Honesto.

Anônimo disse...

POLIÇADA É HORA DE UNIÃO. SOU BOMBEIRO E POSSO DIZER QUE A LUTA É DE TODOS. NÓS SABEMOS QUE O OPOSITOR É RANCOROSO E COVARDE.QUEM NÃO BOTAR SUAS REIVINDICAÇÕES PODE FICAR PRA TRÁS. NÃO HÁ COMO RETROCEDER, É BOLA OU BÚLICA. COMO TUDO É POSSÍVEL NESSE DESGOVERNO, PODE ACONTECE DELE ATENDER SÓ UM E NÃO ATENDER A QUEM NÃO SE POSICIONOU. TODOS NÓS SABEMOS DO CINISMO QUE NOS RONDA. ENTÃO POLÍCIA, VAMOS CHEGAR PARA REIVINDICAR.

Anônimo disse...

UM guerreiro ARABE NÃO MORRE,ele recebe setenta e duas virgens no PARAÍSO!!!

Anônimo disse...

Nós cidadões ordeiros desta glôriosa pátria Brasileira, precisamos em caráter emergêncial que a Proposta de Emenda Constitucional N°300(popular PEC300)que versa sobre a equiparação salárial dos policiais dos estados com os policiais do Distrito Federal, por uma questão de justiça.

Anônimo disse...

BOMBEIROS MILITARES - MOBILIZAÇÃO - REUNIÃO - ATO CONFIRMADO.
Através de uma ligação telefônica um integrante da comissão dos mobilizados informou que a reunião foi proveitosa.
O secretário de governo Wilson Carlos receberá a comissão na quarta-feira, 04 MAI 2011, às 10:00 horas, para tratar da pretensão de reajuste salarial dos Bombeiros Militares, segundo os deputados da base governista que participaram do encontro. Além disso, foi prometido que as transferências serão revistas, assim como, a instauração dos IPMs.
A comissão solicitou que confirmássemos a realização do ato de amanhã:
Local: Largo do Machado.
Concentração: A partir das 13:00 horas.
É fundamental a presença do maior número possível de mobilizados para fortalecer ainda mais a categoria para a reunião de 4a feira.
Os Policiais Militares também estão convidados para ombrear com os Bombeiros Militares.
Eu estarei lá.
JUNTOS SOMOS FORTES!
PAULO RICARDO PAÚL
PROFESSOR E CORONEL
Ex-CORREGEDOR INTERNO

Anônimo disse...

Estaremos com os Bombeiros,PMs da zona Oeste.

Anônimo disse...

é a PM e o Bombeiro no Local...

Anônimo disse...

Eu Sou PM com muito Orgulho,e sempre honrrei a minha Farda,vou participar da caminhada juntamente com vários Companheiros PMs.Está briga não é só dos Bombeiros é da Polícia Militar também.

Anônimo disse...

Os direitos fundamentais dos Militares Estaduais não estão sendo respeitados

A remuneração dos Bombeiros e Policiais Militares do Rio de Janeiro não está afinada com o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que, de acordo com o DIEESE, confere ao trabalhador brasileiro um salário no valor de R$ 2.247,94 (dois mil, duzentos e quarenta e sete reais e noventa e quatro centavos).

http://www.dieese.org.br/rel/rac/salminMenu09-05.xml

Constituição da República Federativa do Brasil

Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:

IV - salário mínimo , fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo...


SÉRGIO CABRAL DESVALORIZA A SEGURANÇA PÚBLICA

O PROEIS significa a DESVALORIZAÇÃO do PROFISSIONAL, pois o que vale, para efeitos de remuneração, é o soldo dos Policiais Militares.

O Programa Estadual de Integração na Segurança demonstra a falta de interesse do Governador em valorizar o profissional de segurança pública.

É muito difícil ser bombeiro ou policial militar no RJ!

Enquanto os outros Estados valorizam seus PMs, o Rio de Janeiro cria mais trabalho e mantém o salário miserável. Deveriam é pagar um salário melhor, e não fazer o policial trabalhar mais!

Soldo inferior ao salário mínimo vigente viola o Inciso I do Artigo 92 da CERJ e o Inciso VII do Artigo 7º da CRFB.

Anônimo disse...

Mais um motivo para comparecer amanhã 13h no Lgo. do Machado
Estado cria gratificação para plantões extras de médicos em UPAs
RIO - O governador Sérgio Cabral publica no Diário Oficial desta segunda-feira um decreto criando uma nova gratificação para médicos que realizarem plantões extras nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). De acordo com o texto, para cada 24 horas semanais adicionais trabalhadas, os pediatras terão direito à remuneração de R$ 2,1 mil (meio de semana) e R$ 2,6 mil (fim de semana). Para os socorristas, os valores são de R$ 1,6 mil (meio de semana) e R$ 2 mil (fim de semana).
Para justificar a nova gratificação, Cabral relata o surgimento de novos serviços; a ocorrência de doenças sazonais, principalmente no inverno; e o surto de dengue na Região Metropolitana do Rio. A remuneração extra vale para médicos civis e militares e os plantões poderão ser de 12 ou de 24 horas.
Para poder receber a gratificação, o profissional terá que registras frequência através de ponto biométrico. Em caso de atraso, o servidor terá gratificação relativa às horas trabalhadas, "sem prejuízo da apuração de responsabilidade pelo atraso e pelas consequências dele advindas". A remuneração não poderá ser incorporada aos vencimentos.

FONTE: Jornal O GLOBO