quarta-feira, 20 de abril de 2011

BOMBEIROS PEDEM SOCORRO!!!



ATO PÚBLICO: HOJE DIA 20 QUARTA-FEIRA, ÀS 13H - LARGO DO MACHADO!

16 comentários:

Anônimo disse...

O MARGINAL TRANSFERIU MAIS DE 30 BOMBEIROS COMO PUNIÇÃO GEOGRÁFICA. SERÁ QUE A OAB, DIREITOS HUMANOS. NINGUÉM DIRÁ QUE SOMOS CIDADÃOS? NÃO PODEMOS NOS MANIFESTAR? CADÊ A LIBERDADE DE EXPRESSÃO? SERÁ QUE OS BANDIDOS VENCERÃO?
O MARGINAL DO LEBLON É UM LOUCO, INSANO, ELE NÃO TEM NOÇÃO DO PROBLEMA QUE CAUSARÁ AOS FREQUENTADORES DAS PRAIAS?

Anônimo disse...

cristão novo de (mmmm), covarde, imbecil, parasita, mafioso, você está acabando com a PMERJ/CBMERJ. Meu Deus! Cadê a OPOSIÇÃO? Os Direitos Humanos é só para os marginais? E por nós? continuaremos punidos, por pedir nossos direitos? DITADOR ÉBRIO DO LEBLON!!!!

Anônimo disse...

Esse governo não é funcionário público,ele não fez nenhum concurso.Os pms e bms sim,fizeram concurso, foram aprovados e cursaram.Ele tem que respeitar o funcionalismo, ouvir as reivindicaçõessse governo SC mama nos cofres públicos desde quando deputado,não quantas quantas vezes,senador e agora, governador.

Anônimo disse...

Quem esse governo pensa que é? E os cmts que obedecem cegamente às atitudes desse tirano,ditador e covarde.Esse SC não é funcionário público,ele não prestou nenhum concurso.Ele sempre mamou nos cofres públicos.Os funcionários públicos sim,tem que serem valorizados e salários decente.A profissão desse tirano dizem que é jornalismo porém,nunca trabalhou,nunca ralou.

Anônimo disse...

Senhores oficiais podem parar com essas palhaçadas de ficarem filmando caminhadas e reivindicações dos bms e pms,vocês não correm atrás de nada, só sabem mandar.Esse governador está exterminando o corpo de bombeiros e a polícia militar.

Anônimo disse...

Como pode,em qualquer empresa,o proprietário antes de qualquer contratação,primeiramente é analisado se há condições de contratar pessoal, os seus funcionários são valorizados,salário decente,qual o nível de satisfação,instalações adequadas etc.Agora eu pergunto? Como um estado rico como o RJ, o governo sempre diz que não tem dinheiro e quer contratar mais 7000 policiais.

Anônimo disse...

Governo Sérgio Cabral COVARDE manda punir Bombeiros Militares que fizeram manifestação pacífica
.
Gente ainda estou me recuperando, mas não podia deixar de postar sobre essa matéria, digo sobre essa SACANAGEM, essa ARBITRARIEDADE, ou melhor, mais uma medida FASCISTA e COVARDE praticada por esse Governo Sérgio Cabral.

Esse Governador Sérgio Cabral é tão covarde, que manda punir Bombeiros Militares que fizeram uma pequena manifestação pacífica e ordeira.

O que é isso companheiro ???

Em tempo, No Rio de Janeiro estão instalando as UPP's - "Unidade das Palavras Pacificadas", é PROIBIDO protestar e reclamar !!!

Sem dizer, e sem acusar ninguém que, até blogueiro que PROTESTA políticamente em blog no Rio de Janeiro anda tomando bala na cara !!

Reprodução do jornal O Globo on line, coluna Repórter do Crime.

O Boletim interno do Corpo de Bombeiros divulgou ontem no início da noite a lista de 36 bombeiros guarda-vidas que foram transferidos de unidades em consequência de participação na manifestação pacífica realizada no domingo passado na orla de Copacabana. Nesse protesto, agentes do serviço reservado do Corpo de Bombeiros apreenderam uma das faixas que seria levada por um avião, impedindo até mesmo a decolagem da aeronave, no Aeroporto de Jacarepaguá.

A transferência dos militares - todos praças - é mais uma demonstração de arbitrariedade do comando do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, que não admite o diálogo com a tropa e emprega métodos arcaicos da época do regime militar. Os bombeiros querem apenas ser ouvidos pelos seus chefes, como o comandante da corporação, coronel Pedro Marco Cruz Machado, e o secretário de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Cortes, que também parece ignorar os apelos de seus subordinados. O que eles reivindicam é apenas melhores de condição de trabalho e aumento salarial, já que recebem o menor soldo do país, R$ 950 mensais, menos, portanto, que os policiais militares e se arriscam tanto ou mais do que esses.

O estado deu gratificação muito superior aos policiais civis e militares, alegando que os bombeiros não pertencem mais ao quadro da segurança pública do estado. De fato, desde que o governador Sérgio Cabral assumiu o governo, em 2007, os bombeiros foram transferidos da Segurança Pública para a Saúde, que passou a coordenar a Defesa Civil. A medida contraria o que está previsto no artigo 144 da Constituição, que determina as funções de cada órgão da segurança, incluindo os bombeiros, considerados forças auxiliares do Exército, como a PM. O Rio é hoje o único estado da federação em que os bombeiros estão subordinados à Secretaria de Saúde e não mais à de Segurança Pública...mais clique aqui

Anônimo disse...

cade a policia civil e a militar para brigar juntos com os bombeiros,estão arregados,ou com medo?

Anônimo disse...

Eu não consigo entender essa polícia desse nosso estado do rio,vocês têm medo de que e do que,querem que os bombeiros resolvem tudo sozinhos,do céu só cai chuva amigos.Vocês querem continuar nas respectiva folgas a fazer segurança em porta de quitanda, padaria,lojinhas de R$1,99,boate, aturando drogados, beberrão,malucos etc, ou preferem estar com a família.

Anônimo disse...

O POLICIAL OU BOMBEIRO QUE VIER A MORRER NO SEGUNDO EMPREGO (FAMIGERADO BICO) O DESTINO DA FAMILIA E VIR A MORRER DE FOME, O ESTADO NÃO VAI DAR AMPARO LEGAL AOS MESMO.

Anônimo disse...

BOMBEIROS MILITARES - AQUARTELAMENTO - QUARTEIS DE FOGO ESTARIAM COMEÇANDO A ADERIR.
Salvo melhor juízo, a inabilidade na condução do processo por parte do comando geral do Corpo de Bombeiros está transformando uma mobilização ordeira e pacífica em uma crise.
A represália evidente do comando, transferindo trinta e dois Bombeiros Militares que participaram do ato de domingo, parece ter sido um tiro no pé, como dizemos.
Soube que um dos transferidos para um quartel de fogo é piloto de lancha, não tem qualquer experiência no combate a incêndios.
Isso além de ser absurdo, demonstra que a alegada necessidade de serviço não se sustenta.
Hoje os integrantes dos Grupamentos Marítimos (Guarda Vidas) resolveram começar a partir das 08:00 horas de amanhã, iniciar um aquartelamento. Eles permanecerão nos seus quartéis durante todo o feriadão, só saindo para cumprir os serviços, isso para não prejudicar a população.
Instantes atrás soube que quartéis de fogo estariam aderindo ao aquartelamento.
Isso significa que poderemos ter toda a tropa do Corpo de Bombeiros "morando" nos seus quartéis ao longo do feriadão.
O aquartelamento já ocorreu em outros estados, em alguns deles os militares levaram as famílias para se alimentarem também nos quartéis, em razão dos baixos salários.
Penso que seja imprevisível o desfecho da crise, sobretudo se o bom senso não aparecer no Palácio Guanabara neste feriadão.

Anônimo disse...

Gostaria de saber assim como todo o morador do estado do rio de janeiro, o que esse governo faz com a fortuna do nosso estado.Não deveria ter intervenção, fiscalização através dos órgãos competentes!São os mesmos indivíduos se dando bem no nosso estado e nada acontece!Alguns nem são funcionários públicos,são cargos arranjados e ganham muito bem e os funcionários que fizeram concurso,recebem uma miséria.

Anônimo disse...

Isso é um absurdo. Vocês têm que armar uma pra esse cara. Tenho certeza que esse cara não é totalmente blindado assim não. Ele está fazendo vocês de babacas. Façam uma greve geral, de forma que todos venham a aderir. Pensem uma maneira de ferrar com a vida desse cara. Vocês são bombeiros militares e serão para sempre. Ele, está governador no momento. E tenho certeza que alguém da área de vocês sabe algum podre que pode ferrar com ele.

Anônimo disse...

LEIA COM ATENÇÃO: JORNAL O DIA - Comando vai receber classe em negociação
RIO - Após protestos às portas do Palácio Guanabara e da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), na tarde de ontem, o comandante geral do Corpo de Bombeiros, Pedro Machado, dispôs-se a receber comitiva de trabalhadores. A ideia é discutir melhorias nas condições de trabalho dos bombeiros e guarda-vidas e a reconsideração da decisão de transferir 36 servidores que participaram de manifestação na orla de Copacabana, no último fim de semana. A reunião está marcada para quinta-feira, no GMAR de Botafogo, e terá a intermediação dos deputados Flávio Bolsonaro (PP) e Edson Albertassi (PMDB).
“Lamentamos que o Corpo de Bombeiros tenha tomado essa postura de punir os que se manifestaram pacificamente. O protesto é um ato legal, resguardado pela Constituição Federal. Vários deputados, assim como eu, farão mais um apelo ao comandante para que essa transferência seja revista”, afirmou o deputado Flávio Bolsonaro.
Durante o feriadão, os servidores farão uma nova manifestação pacífica. Ficarão aquartelados, ou seja, mesmo de folga, não retornarão para suas casas. Os que estiverem de serviço atenderão normalmente à população.

Na tarde de ontem, cerca de 200 bombeiros e guarda- vidas, de diferentes quartéis do estado, se reuniram em passeata do Largo do Machado ao Palácio Guanabara. Com faixas de protesto, a categoria acampou por horas em frente à sede do governo do estado à espera de encontro com o governador Sérgio Cabral. Sem resposta, seguiram para a Alerj, onde conseguiram que alguns deputados ouvissem suas reivindicações.
BAIXOS RENDIMENTOS
A categoria reivindica aumento do soldo — hoje no valor de R$ 950 — e redução do número das parcelas, de 48 vezes para apenas 24, referentes ao último reajuste.
DIREITO A TRANSPORTE
Os bombeiros reclamam ainda da diferenciação no tratamento entre os militares estaduais. Somente os policias militares recebem atualmente auxílio-transporte.
SEM PROTEÇÃO

Segundo denúncias, os guarda-vidas estariam trabalhando sem proteção. Faltariam filtro e óculos de sol, o que tem provocado aumento nos índices de câncer e catarata.
PILOTO FORA DO MAR

Segundo um coronel do Corpo de Bombeiros do Rio, um piloto de lancha que atua na orla teria sido transferido para Duque de Caxias, alocado para combater incêndio.

Anônimo disse...

PORQUE NO 10º BPM EXISTE ESCALA DE POO 12:00H NOTURNO NA PONTE PRES.GETÚLIO VARGAS ONDE O POLICIAL FICA SOZINHO,SEM ÁGUA,SEM LOCAL PARA REALIZAR SUAS NECESSIDADES FISIOLÓGICAS E SEM PROTEÇÃO CONTRA OS INTEMPÉRIES.12:00H NÃO É REGULARMENTADA,CONFORME É DESCRITO EM NORMAS VIGENTE DA PMERJ! Interdição JUDICIAL sabemos que temos que cumprir,mas que a escala seja justa e HUMANA.Não é mesmo onde esta´LEALDADE FRATERNIDADE IGUALDADE?

KikoPMERJ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.