quinta-feira, 2 de julho de 2009

Eduardo Paes: Alunos são custo e não investimento

Eduardo Paes continua com sua política de “cortes orçamentários”. Se estivéssemos falando sobre os altos salários e encargos especiais pagos ao grupo encarapitado em seu gabinete, seria ótimo.
Mas Eduardo Paes vê os alunos da rede municipal de ensino como custos também, e vem reduzindo o orçamento para a compra de merenda das crianças. Mas isso já era esperado, visto que Eduardo Paes também trata o funcionalismo público como custo, sucessivamente cortando seus benefícios e adiando o aumento salarial anual.
A situação do corte das merendas chegou ao extremo de uma diretora ser obrigada a pedir aos responsáveis para que os alunos levassem marmitas para a escola! Isso, depois de serem servidos apenas arroz com farinha e feijão com farinha.
Segundo a ONU, o prato ideal para crianças em idade escolar é composto por 60% de carboidratos, 15% de proteínas, além de legumes, verduras e frutas.
http://riopranaochorar.wordpress.com/2009/07/01/eduardo-paes-alunos-so-custo-e-no-investimento/

Um comentário:

felippe-freitas disse...

e depois o gabeira ia legalizar a Maconha...