sábado, 12 de dezembro de 2009

DE QUEM É OS 20 MILHÕES ?

Propinoduto: quem está por trás do Silveirinha?

Lá pelos idos de 2002 e 2003, quando ocupei o cargo de Superintendente da Polícia Federal no meu Estado do Rio de Janeiro, desenvolvemos uma série de investigações contra a corrupção nos mesmos moldes do que está sendo desencadeado aqui no Distrito Federal.
Desarticulamos uma quadrilha na operação que ficou conhecida como Propinoduto. Indivíduos vinculados à arrecadação estadual faziam um trabalho de retirada desses recursos para fins pessoais e políticos. Naquela época, as investigações foram coordenadas pelos Delegados Davi Salém, hoje diretor de Inteligência do Departamento de Polícia Federal, e Angelo Fernandes Gioia, atual Superintendente da PF no RJ.
Naquela época, não se conseguiu chegar aos chefes estruturais que estavam por trás daqueles que eram os chefes operacionais, dentre os quais Rodrigo Silveirinha, preso e processado sob acusação de corrupção, lavagem de dinheiro e envio ilegal de dinheiro para a Suíça.
A matéria publicada ontem pelo jornal Folha de S. Paulo demonstra que a investigação precisa continuar. Segundo a reportagem, o ex-governador Anthony Garotinho insinua que o atual governador Sérgio Cabral seria o detentor desses recursos – algo em torno de R$ 20 milhões – que estariam sendo repatriados da Suíça para o Brasil.
Temos que dar continuidade àquela operação e verificar se as denúncias são ou não procedentes. Peço ao Ministério Público e à Polícia Federal que dêem continuidade àquelas investigações ou, se for o caso, que abram um novo inquérito para identificar os chefes estruturais do Propinoduto.
A reportagem da Folha de S. Paulo traz, também, uma outra informação que precisa ser investigada. Segundo dados integrados da Administração financeira do Estado e do Município, desde 2008, o Governo Cabral fechou nove contratos com a Linknet, no valor de R$ 30 milhões. A Linknet nada mais é do que a empresa que está envolvida no escândalo que está sendo apurado pela Polícia Federal no Distrito Federal.
Portanto, por conta da gravidade das informações fornecidas pelo ex-governador Anthony Garotinho, a Polícia Federal precisa ouvi-lo e aprofundar suas investigações, para descobrir se realmente o atual governador do Rio está por trás do esquema Silveirinha.

Discurso feito no plenário da Câmara Federal
Deputado Federal Marcelo Itagiba 


YouPode

3 comentários:

Anônimo disse...

Durante seu mandato como presidente da ALERJ, nomeou para seu gabinete, a esposa do fiscal do governo do estado Rodrigo Silveirinha, Silvana Dionízio, que ficou conhecido por ser suspeito de comandar um esquema de corrupção na Secretaria de Estado da Fazenda no governo Garotinho, conhecido como Propinoduto. Porém, a contratação de Silvana durou apenas um dia, e o próprio voltou atrás, afirmando ter sido um erro de seus funcionários.

Mônica disse...

Gostaria de pedia a colaboração em divulgar o novo endereço do Blog Praças da PMERJ, o original foi sabotado. Explicações na 1ª postagem do novo endereço. http://pracaspmerj.blogspot.com/

Obrigada
Mônica (Praças da PMERJ)

vick disse...

Garotinho também está sujo, todos sabem disso... se o Sérgio está envolvido, é com o CONHECIMENTO e APROVAÇÃO do molekinho. Ou ele não sabia do que se passava quando era governador?
Nenhum dos dois presta, já sabemos disso!!!
Fora Cabral e Fora Garotinho!!!
Vamos colocar no Governo homens sem nome sujo!!!