sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

HOSPITAL DA POLÍCIA MILITAR É ALVO DE BALAS PERDIDAS


As janelas do Centro de Tratamento Intensivo  do Hospital Central da Polícia Militar,  deu espaço a uma parede de tijolos que, segundo a PM, faz parte de “reformas”. Mas os funcionários, no entanto, têm outra versão: afirmam que foi a única maneira encontrada para proteger pacientes e equipe das balas perdidas que constantemente atingem o lugar..
Funcionários do hospital afirmam que o problema é frequente e dizem que só após a construção do paredão de tijolos no CTI passaram a se sentir mais seguros.– É muito comum isso acontecer por aqui. Não é raro eu chegar e uma amiga me contar algum caso de tiro nas paredes ou janelas – conta uma funcionária da limpeza do hospital, que pede para não ser identificada.

2 comentários:

Anônimo disse...

A ALERJ está repleta de Piccianis... é uma escória tão nojenta! Ali uns 20 se salvam, porque o resto charfurdam na mesma lama.

Barão disse...

Mesmo hosptial as balas perseguem os policiais