segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

REVISTA VEJA - Policiais mataram testemunha-chave de esquema de corrupção

Homem que, segundo a Polícia Civil, fazia o pagamento de propina policiais corruptos de São Gonçalo, foi morto horas depois de a cúpula da PM tomar conhecimento da operação Dezembro Negro
A Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, que comandou nesta segunda-feira a prisão de policiais militares e do comandante do 7º BPM (São Gonçalo), investiga a morte de uma testemunha-chave do esquema de corrupção envolvendo o batalhão. Encarregado de pagar diretamente a propina a dezenas de PMs, o gerente do tráfico do Morro da Coruja, Rafael Rosa Guimarães (conhecido como Chacal), foi morto em confronto com policiais do mesmo batalhão. Coincidência ou não - e é isso que a polícia vai precisar responder -, o episódio ocorreu horas depois de a cúpula da PM ser comunicada pela Secretaria de Segurança de que a ação seria deflagrada na segunda-feira. A ação resultou na prisão do comandante do 7º BPM, coronel Djalma Beltrami, e de seis PMs daquela unidade.

Chacal, de acordo com a investigação de sete meses, era o responsável por entregar o suborno em mãos aos policiais corruptos. Com ele, foram encontrados uma pistola 9 mm e um rádio transmissor. Para evitar um atrito entre instituições, com policiais civis invadindo um batalhão para prender PMs, o secretário de Segurança José Mariano Beltrame, determinou que a Corregedoria da PM atuasse na prisão dos PMs ao lado da Corregedoria Geral Unificada (CGU). A decisão foi comunicada por volta das 14h de sexta-feira à chefe da Polícia Civil, a delegada Martha Rocha, por telefone. Nesse dia foram expedidos os mandados de prisão.

Agora, os órgãos de inteligência investigam se houve vazamento de informações. O PM Alexandre de Abreu Rodrigues, do 7º BPM, que registrou o auto de resistência, disse ter dado um tiro de alerta numa das pernas do traficante. Segundo o depoimento do policial, nesse momento, caiu a bermuda do criminoso, que mesmo assim insistiu em sair correndo e acabou sendo alvejado na outra perna. Também estava na ocorrência o PM Pedro Moacir Evangelista de Araújo. O caso foi registrado na 74ª DP (Alcântara), sob o número 074-11220/2011. Nenhum dos dois PMs está na lista dos agora acusados de corrupção.

Uma escuta telefônica com autorização da Justiça interceptou uma conversa em que um traficante e um policial do 7º BPM negociam um reajuste do suborno. De acordo com a conversa, gravada no dia 11 de setembro de 2011, cada uma das quatro equipes do Grupamento de Ações Táticas (GAT) daquele batalhão recebia 4 mil reais por semana. Na conversa, os policiais pedem que o valor passe para 5 mil reais. Eles também pediam 10 mil reais semanais para o coronel Djalma Beltrami, que assumira havia poucos dias o comando da unidade.

“Os policiais usavam celulares frios para se comunicar com os bandidos. Mas conseguimos provar que eles usavam aqueles telefones. Numa das ligações, eles marcaram um encontro com os traficantes. Fomos até o local e registramos imagens. O GPS das viaturas também comprova que eles estiveram lá naquela hora”, explica o delegado Alan Luxardo, da DH de Niterói.

Comerciante desaparecido - Também na última sexta-feira, outro alvo dessa investigação, um comerciante identificado como Pedro, desapareceu após fechar seu comércio dentro do Morro da Coruja. Ele era investigado por vender munição aos traficantes e também teve a prisão decretada. Na manhã desta segunda-feira, a casa dele estava revirada. A polícia agora quer saber se ele fugiu após saber da operação ou se foi pego pelos policiais acusados ou bandidos.

VEJA

9 comentários:

Sou Kiko disse...

NARCOVAREJISTAS - BRASILEIROS SOB SUSPEITA!
O TEXTO ABAIXO ME FEZ LEMBRAR TRÊS LETRINHAS - UPP


Um esquema político, especializado em lavagem de centenas de milhões de reais desviados na corrupção contra os cofres públicos, se prepara para tomar de assalto os lucrativos negócios narcovarejistas de Luiz Fernando da Costa – o Fernandinho Beira-Mar – e dos maiores bicheiros do Rio de Janeiro. As duas organizações mafiosas passam por um recente processo de desmantelamento, para serem comandadas por novos controladores.

Essa sucessão criminosa, no entanto, tem tudo para fracassar porque já é monitorada por agentes da DEA (Drug Enforcement Administration) – a agência de combate ao narcotráfico do governo dos EUA. O Departamento do Tesouro dos EUA abriu investigação oficial contra 51 empresas e cidadãos brasileiros sob suspeita de lavagem internacional de dinheiro – seja do narcotráfico, da máfia dos jogos ou dos crimes contra a administração pública no Brasil.

Os agentes do DEA fornecem informações privilegiadas à Polícia Federal, à Receita Federal e ao Conselho de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Fazenda. A inteligência norte-americana tem colaboradores seus infiltrados nestes órgãos brasileiros. Os norte-americanos também contam com parceiros isentos de ligação com o crime organizado no Ministério Público e na Justiça. As principais denúncias contra as máfias brasileiras vêm de fora, com incriminadores dossiês. Curiosamente, apesar das provas, são raros os casos de condenação.

A Águia afia suas garras para apanhar, em breve, muito malandro político e empresarial que posa de gente séria nas rodinhas da dita alta sociedade...

Transporte detectado

Está prestes a ser desbaratado um grande esquema de transporte de drogas nas grandes cidades brasileiras.

Agentes do DEA investigam como os ônibus urbanos são usados, sistematicamente, para o insuspeito deslocamento de carregamento de produtos para o narcotráfico.

A DEA verificou que a sofisticada logística do narcovarejo conta com a proteção e gestão de esquemas policiais e políticos altamente corruptos.

Conexão Paraguaia

O Globo de hoje revela que, desde 2009, a DEA vigia operações na Tríplice Fronteira feitas pelo Banco Amambay com empresas de Horacio Cartes.

Os relatórios norte-americanos informam que Cartes comanda uma grande "lavanderia" para máfias de vários países, principalmente o Brasil.

O empresário é líder do Partido Colorado e pré-candidato à presidência do Paraguai nas eleições de 2013.

Conexão Suriname

Os norte-americanos não sabem como acabar com esquema de narcovarejo comandado por Desiré Delano Bouterse, no Suriname, país que faz fronteira com o estado brasileiro do Pará.

Aos 70 anos de idade, o líder político e militar é o presidente daquele País, legitimamente eleito, e ainda tem 42 meses de mandato até 13 de agosto de 2015.

Bouterse tem prisão decretada no Brasil e em mais meia centena de países, a pedido da Holanda, onde está condenado a 16 anos de prisão por tráfico de cocaína, mas ninguém de fora pode mexer com ele por causa da “imunidade de chefe de Estado”.

http://www.alertatotal.net/2011/12/dea-monitora-esquema-politico-corrupto.html

Anônimo disse...

Não estou defendendo ninguém, mas essa prisão está muito estranha! Em nenhum momento colocaram o Beltrami falando ao telefone, o policial é que falou no zero um.

Anônimo disse...

Ao invés de punir oficiais malandros, a corporação, como sempre, tenta se proteger. Será que é porque há mais corruptos no alto escalão? Será que é medo de ser o próximo?

Anônimo disse...

OS RATONÉIS ESTÃO TODOS COM O C... NA MÃOS!!!

Anônimo disse...

A civíl tém que olhar o rabo deles também porque tém muito delegadozinho safado dando uma de bom moço, porque os oficiais são uns FROUXOS.

Anônimo disse...

ATENÇAO AOS COMPANHEIROS E A TROPA DE UM MODO GERAL NAO VAMOS PRE-JULGAR NINGUEM SEJA QUEM FOR EXISTE A PRESUNÇAO DA INOCENCIA SEJA DE QUEM FOR----DEIXE A INVESTIGAÇAO SEGUIR O SEU CURSO QUE APURE A VERACIDADE DOS FATOS E PUNA SEVERAMENTE EOS EXPULSE MAIS NAO VAMOS CONDENAR NINGUEM ANTES DO TERMINO DAS INVESTIGAÇAO----------------A PRINCIPIO NAO ACREDITO QUE O TENENTE-CORONEL ESTEJA ENVOLVIDO NISSO ---ESTAM USANDO NOME DELE NA GRAVAÇAO OU SEJA ESCUTA TELFONICA QUE ESTA COM A CIVIL----TIVE O PRAZER DE SERVIR COM O REFERIDO OFICIAL NO 21 BPM E O CONHEÇO POR SUA RIGIDEZ EM USAR O REGULAMENTO DISCIPLINAR-EU PARTICULAR TENHO QUE INFORMAR QUE NAO ACREDITO QUE O OFICIALESTEJE ENVOLVIDO NESSAS SACANAGEM-----MAIS SEM SACANEAR TAMBEM OS PRAÇAS POIS HA A PRESUNÇAO DA INOCENCIA PARA TODOS INDEPENDENTE DE POSTO OU GRADUAÇAO QUE SE FAÇA A JUSTIÇA SEM PREJUDICAR OS PRAÇAS HONESTOS QUE EXISTE EM SUA MAIORIA NA CORPORAÇAO----------COMO CIDADAO VOU AGUARDAR O DESENROLAR NOS JORNAIS ------MAIS NAO ACREDITO QUE O T. CORONEL BELTRAMI ESTEJA ENVOLVIDO NISSO QUALQUER UM FALA NO NOME DE OUTRA PESSSOA POR TELEFONE----------MAIS VAMOS AGUARDAR E PEÇO A DEUS CORRA TUDO BEM COM OS PMS QUE VERDADEIRAMENTE NAO ESTAO ENVOLVIDOS COM MAIS ESSE PROBLEMA APRESENTADO E POSSA SER LIBERADO PARA VER A SUA FAMILIA E SEGUIR A VIDA NORMALMENTE

Anônimo disse...

CAROS AMIGOS,É MUITA COINCIDÊNCIA,MAIS OS POLICIAIS MILITARES DE NITERÓI ESTÃO PRENDENDO E APREENDENDO DROGAS COMO NUNCA,DESDE A PRISÃO DO BELTRAMI,PARABÉNS AOS "EFICIENTES" POLICIAIS DE NITERÓI E SÃO GONÇALO!

Anônimo disse...

É....O 23 BPM QUE O DIGA....SE INVESTIGAR O Q O "NEM " FALOU DO ARREGO .....É VERDADE....É TUDO MENTIRA...SAO TODOS HONESTOS....KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

ARREGO.....EXISTE ESSA PALAVRA NO DICIONARIO ????? DEPENDE....SE FOR PARA PRENDER "PRAÇAS" EXISTE SIM , MAS SE FOR PARA PRENDER OFICIAIS NAO!!!! É TUDO SABOTAGEM, ESTAO QUERENDO SABOTAR OS COMANDANTES!!!! O 14 BPM QUE O DIGA!!!! ALIAS....ACHO QUE ALGUEM FOI DE LÁ NÉ.....SEI LÁ....POSSO ESTAR DELIRANDO....ACHO QUE BEBI MUITO REFRI.....KKKKKKKKKKKKKKKKKKK